durexA vida dos adultos é mais triste quando deixam de brincar, seja com os filhos, seja com eles próprios, seja principalmente com quem têm uma relação mais próxima e/ou íntima. Com os filhos pode ser à apanhada, às escondidas. Com os amigos podem ser piadolas ou ironias, sem se cair na boçalidade. Com uma parceira e/ou parceiro as brincadeiras podem ser mais doces e/ou picantes.
Vem isto a propósito de uma marca que, desde que me lembro, ainda adolescente, só era vendida em farmácias. E no iniciar da vida sexual (ou até anos depois disso) era sempre o Cabo das Tormentas ter a coragem (ia dizer outra coisa até mais apropriada) para se pedir de alta e viva voz as célebres camisinhas protectoras.
Acontece que, felizmente, a diversão vai para além da borracha e hoje, mesmo nas grandes superfícies, podem-se adquirir artigos que estimulam a nossa (e a dos outros) libido. À mão de agarrar, estão ao nosso alcance diversas marcas com os mais variados produtos para muitas finalidades, sempre com um objectivo ainda maior do que a simples protecção: o prazer!
Por isso, adultos, ponham nas vossas agendas as vossas brincadeiras favoritas e não as deixem de as praticar. Até porque se não brincarem haverá sempre alguém que brincará por vocês.
 

Written by admin

    5 Comments

Leave a Comment