Assalto.

Fachada de prédio no Lumiar

Fachada de prédio Lumiar. Tenho a certeza. Fui eu que tirei a foto. Não tenham dúvidas disso.

Hoje uma dúvida assaltou-me. Ela nem sequer era muito grande e não parecia ser atemorizadora. Enganei-me.

— As certezas ou a vida!

Perante esta ameaça, e como fui sempre um bocado caguinchas, lá tive que lhe entregar a carteira. Não estava muito recheada e não tinha o que ela queria. Havia apenas 4 ou 5 interrogações mas de pequeno valor.

Antes de virar as costas, e mergulhar num mar de questões, ainda falou comigo num tom zangado.

— Para a próxima vez trata de teres a carteira bem recheada de certezas ou transformo-te a vida num inferno existencial, ouviste?

Fiquei a tremer e nem mesmo o auxílio de uma convicção, que veio ao meu encontro, me descansou: mais tarde ou mais cedo a dúvida iria assaltar- me de novo. Disso eu tenho a certeza.

PS: hoje não me apeteceu abordar nada de especial, mas também não quis deixar o blog em branco. Sendo assim, resolvi fazer um post com um conto curto de minha autoria. Chama-se Assalto. A foto também é minha mas funciona mais como uma abstracção colorida.

Obrigado pela compreensão.

:p

Leave a Reply