Todos os caminhos vão dar a Marvila.

Mural de Bordallo II, no Beato, em direção a Marvila (foto de Bruno Barão da Cunha). Todos os caminhos vão dar a Marvila Sinónimo de industrialização, contentores e armazéns e decadência urbana, durante muito tempo a zona oriental de Lisboa foi mal-amada e subvalorizada. Após a Expo 98 houve um impulso imobiliário para aquelas paragens, … Continue reading Todos os caminhos vão dar a Marvila.

Marvilarte.

Marvila não é só cerveja artesanal, restauração, vistas de Tejo e estaleiros de obras. Também é arte moderna. Ok, eu tenho gostos variados. Não é apenas btt, bodyboard, restauração, música, cinema, micro-ficção e muito mais. Aliás, é só espreitar este blog para se perceber a quantidade de pianos que as minhas preferências tocam. Voltando a … Continue reading Marvilarte.

Fazer birras em Marvila.

Segundo os dicionários, birra é um acesso de fúria que revela descontentamento ou frustração, muito comum em crianças pequenas. Mas há outro tipos de birras, que actualmente se manifestam em vários locais, sob a forma de cervejas artesanais. Ok, birra é a palavra italiana para cerveja e, para já, ficamos por Marvila e não vamos … Continue reading Fazer birras em Marvila.

À mesa da Carpintaria.

Por vezes não há nada como uma lixa para suavizar as arestas da rotina. E isso é ainda melhor quando se corta a direito na monotonia com alguém que nos é querido. E é assim que um final de tarde se pode ornamentar numa refeição ligeira a dois, sem ter de se comer muito. O … Continue reading À mesa da Carpintaria.

Entra. No meu coração.

Cruzo o meu olhar com o teu no preciso momento em que me delicio com uma garfada de risotto. Pergunto-me como chegámos até ali. Não estou a falar da forma como chegámos ao restaurante. Isso não importa. O que eu quero dizer é como passámos de um interesse embrulhado em curiosidade até ao ponto em … Continue reading Entra. No meu coração.

Vintage em grande.

Marvila é o bairro da moda (como já devem ter percebido pelos meus posts). Ou, pelo menos, está em grande transformação. Há cervejeiras artesanais em barda, restaurantes para degustar, galerias de arte, lojas com muito potencial para adquirir e muito mais. Por exemplo, continuam a existir grandes armazéns abandonados. Mas também há boas ideias para eles. … Continue reading Vintage em grande.

Marca de Homem já tem um oráculo.

A partir de agora, sempre que se justificar, Marca de Homem irá fazer uma antevisão de futuros posts. E o que vem aí? Mais restauração na Grande Lisboa e ainda um armazém em Marvila, que se está a transformar num amplo departamento vintage. Fiquem atentos e vejam algumas imagens dos futuros posts no vídeo em … Continue reading Marca de Homem já tem um oráculo.